Entenda o seu Caso Jurídico

Artigos


Herança - Direito de representação

O filho de pai pré-morto tem direito à herança do avô? “A resposta à pergunta é: Sim! Esse acontecimento chama-se Direito de Representação, e está presente no Art. 1.851 do Código Civil: Art. 1.851. Dá-se o direito de representação, quando a lei chama certos parentes do falecido a suceder em todos os direitos, em que ele sucederia, se vivo fosse. Ao falecer alguém e ser aberta a sucessão e iniciado o inventário, caso o falecido não tenha cônjuge e tenha deixado descendentes, estes irão herdar. No entanto, na hipótese de um desses descendentes falecer muito antes do autor da herança, a h...

Herança

Milviane Arruda
08/06/2017

Testamento: Entenda como funciona

O testamento é importante para que a pessoa possa declarar a sua última vontade, definir em vida a forma de direcionar os bens existentes para seus herdeiros ou para terceiros. Trata-se de um ato unilateral, solene e revogável, pelo qual alguém dispõe de seu patrimônio, depois da morte, ou faz outras declarações de última vontade. 1 O testador deve ter capacidade física e mental, idade mínima de 16 anos e não existe idade máxima para testar. Ocorrem duas formas de sucessão, a legítima (ou necessários) que está disciplinada no art. 18292 em que dispõe sobre os herdeiros legítimos (pais, fi...

Herança

Curatela: Quem pode ser curador? Quem pode ser interditado?

Em primeiro lugar: curatela é uma forma de defender os interesses de maiores incapazes. ALTERAÇÕES DO ESTATUTO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA Sobretudo, o Estatuto da Pessoa com Deficiência alterou algumas disposições do Código Civil. Antes era comum sujeitar pessoas com discernimento mental reduzido ou excepcionais à curatela. Por exemplo, pessoas com Síndrome de Down. Com o advento do Estatuto da Pessoa com Deficiência, no entanto, estão sujeitos a curatela somente: ébrios habituais (alcoólatras); viciados em tóxicos; pessoas que por motivos transitórios ou definitivos não possam expri...

Herança / Imóvel / Outro