Um dos principais problemas enfrentados pela maioria das pessoas que fazem uso do cartão de crédito são os seus juros que muitas vezes passam e muito dos 100%.

Essa cobrança geralmente ocorre quando as pessoas em sua grande maioria desinformada caem em um falso pacote de facilidades que são passadas pelas operadoras de cartão de crédito.

Muitas dessas vantagens que os consumidores ganham através dos cartões, são na verdade, para encobrir a cobrança indevida de taxas e juros abusivos que muitas vezes nem deveriam ser cobrados.

Cartão de Crédito

É importante que o consumidor saiba exatamente onde está entrando ao adquirir um cartão de crédito. Saber como funciona é muito importante para não acontecer algum tipo de transtorno.

Com o cartão de crédito, além das chamadas facilidades e benefícios também têm outros pontos que são bem explicadas ao consumidor.

Temos a Tarifas que são cobradas pelas operadoras de bancos como: Anuidade, Avaliação Emergencial de Crédito, Pagamento de Contas, Saque e Segunda Via do Cartão.

Cada serviço desses é cobrado uma tarifa de manutenção, onde todas são consideradas tarifas básicas para os cartões.

Em seguida vem a Fatura, onde a mesma é cobrada mensalmente. Na fatura está sendo cobrado o valor gasto durante todo o mês, independentemente se for para fazer compras ou pagar contas.

Temos também Juros e Multa, geralmente acontece quando o cliente deixa de pagar a fatura até o vencimento, como também faz o pagamento mínimo do cartão.

Essas são cobranças que o cliente com certeza paga, mesmo que seja apenas alguma delas, não tem como escapar.

Uma das principais queixas que os clientes que fazem uso de cartão de crédito faz, é quando utiliza o mesmo para fazer pagamento de compras parceladas.

Onde em quase todas as oportunidades as taxas de juros cobradas é um verdadeiro absurdo para com os clientes, fugindo inclusive do que a Lei orienta.

Tudo funciona da seguinte maneira:

Em casos em que o cliente não efetua o pagamento da conta no mês é cobrada taxas de até 2% ao mês, o que possivelmente teria em contrato a cobrança de 1% ao mês.

Nos casos em que o cliente atrasa o pagamento da sua fatura deveria ser cobrado juros de 2% ao mês, sendo cobrados valores corrigidos até quando o cliente efetuar o pagamento.

Caso o cliente perceber que foram cobrados juros abusivos ou em excesso, é configurado em Lei, como direito do consumidor fazer a reclamação.

Reclamação essa, perante a empresa que responde pelo cartão e receber os valores de volta e em dobro, caso a empresa não cumpra com o que a Lei estipula, a mesma poderá responder judicialmente.

Resumindo

É preciso que o consumidor esteja sempre bem informado, já que caso atrase apenas um dia no pagamento da sua fatura, a empresa poderá colocá-lo nas listas de negativados, SPC e SERASA.

Lógico que ao acontecer isso o cliente deverá ser informado o mais rápido possível.

Após o pagamento da divida, o consumidor deverá ser retirado da lista de negativados em um prazo máximo de 5 dias. Não acontecendo, poderá ser pedida uma indenização.