O assédio moral se caracteriza por condutas inadequadas por parte do empregador que evidenciam a ocorrência de agressão psicológica contra um determinado empregado. Normalmente o assédio se manifesta quando o empregador – ou superior hierárquico- expõe o empregado a situações humilhantes, exige metas inatingíveis, nega folgas enquanto age diferente com outros empregados, enfim, inúmeros são os exemplos.

Para configurar assédio essas condutas devem ser repetidas frequentemente, tornando insustentável a permanência do empregado na empresa e causando comprovados danos psicológicos em razão do estresse gerado pelo assédio.

A ocorrência de repetidas situações de humilhação comprometem a identidade do agredido, dignidade, as relações sociais e afetivas causando danos que podem levar até a morte – em casos extremos.

COMO IDENTIFICAR SE UM EMPREGADO ESTÁ SENDO ASSEDIADO:

Existem alguns sinais claros que identificam se está ocorrendo assédio moral dentro de uma empresa, alguns deles são:

  • O empregado é isolado dos demais colegas, por ser tratado de maneira diferente e vexatória, inclusive diante dos mesmos;

  • É impedido de expressar suas opiniões e dar sugestões sem nenhuma razão aparente;

  • É ridicularizado pelo empregador, tanto em particular quando na frente dos demais colegas de trabalho, normalmente ocorre na frente de outras pessoas;

  • O empregado passa a desenvolver doenças relacionadas ao abalo psicológico, como depressão;

  • Emocionalmente abalado o profissional passa a exercer suas atividades sem motivação e acaba realizando um trabalho de baixa qualidade além de ter seu rendimento claramente afetado. 

COMO IDENTIFICAR SE VOCÊ ESTÁ SOFRENDO ASSÉDIO MORAL NO TRABALHO:

Veja algumas dicas para ajudar a identificar se você está sofrendo assédio moral no seu ambiente de trabalho:

  • O seu superior hierárquico se comporta de maneira inadequada por meio de atitudes que fazem você se sentir inferiorizado, amedrontado, constrangido, menosprezado.

  • Seu superior faz recorrentes brincadeiras de mau gosto nas quais você não vê nenhuma graça.

  • Costuma agir de forma desrespeitosa, não cumprimentando você enquanto cumprimenta os demais colegas de trabalho.

  • Expõe você a situações vexatórias.

  • Controla de maneira exagerada e desproporcional às suas idas ao banheiro ou horários de descanso como o almoço, muitas vezes impondo horários complicados para você descansar e fazer sua refeição.

O QUE FAZER SE O SEU COLEGA ESTÁ SENDO ASSEDIADO

É importante que os colegas de trabalho que testemunham situações de assédio moral apóiem o colega que sofre com a situação e ajudem o profissional a manter a confiança e segurança no seu próprio trabalho. O prazer dos agressores está no medo que os agredidos sentem, portanto se você ajudar o seu colega a se sentir seguro há possibilidade de minimizar ou até eliminar a situação de assédio.

O ASSÉDIO MORAL COSTUMA SER DIFERENTE COM HOMENS E MULHERES

O assediador tem uma postura diferente em relação aos homens e mulheres. Se o funcionário que está sendo assediado é homem as agressões morais costumam se manifestar em relação à virilidade. Com as mulheres o assédio normalmente se manifesta através de intimidação e submissão.

DÊ UM BASTA À VIOLÊNCIA!

O assédio moral no trabalho é um assunto muito sério e afeta muitos trabalhadores, que acabam desenvolvendo doenças psicológicas e por vezes necessitam até mesmo de tratamento medicamentoso.

Para evitar situações como essas as empresas devem adotar posturas sérias criando Regulamentos Internos, promovendo ações que visem o bem-estar dos colaboradores e desenvolvendo meios que permitam a essas pessoas se abrirem sobre situações deste tipo.

O agressor deve ser punido através de medidas disciplinares, inclusive demissão, se  for necessário.

Você está vivenciando uma situação de assédio moral no ambiente de trabalho? Qual é a sua experiência em relação ao assunto? Compartilhe conosco sua opinião, dúvidas e conhecimentos, ajudando assim outras pessoas que podem estar passando pela mesma situação. Se você precisa do apoio de um profissional, confira nosso banco de advogados e encontre um próximo de você.

VOCÊ SABIA?

Em caso de danos físicos ou psicológicos decorrentes de assédio a empresa é obrigada a emitir um documento chamado CAT – Comunicação de Acidente de Trabalho.