Blob?1537889282

Mariana Padilha Jannotti

Duque de Caxias e outras 9 cidades / RJ - OAB 185382

Áreas de atuação:

Cheque Cartão de Crédito Cartão de Crédito Financiamento Acidentes de Consumo Atraso / Cancelamento Voo Troca / devolução Plano de Saúde Telefonia / Internet SPC/SERASA Propaganda Enganosa Cobrança Indevida / Abusiva Compras / Vendas Medicamentos Penhora Cartão de Crédito Financiamento Demissão Direitos do Trabalhador Acidente de Trabalho Aposentadoria Ver mais

Sobre:

Advogada formada pela Universidade Cândido Mendes, Pós Graduada em Direito Privado pela FESUDEPERJ (Fundação Escola Superior da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro e Pós Graduada em Direito e Processo do Trabalho. Especializada na área trabalhista há sete anos, bem como em direito do consumidor.

Empregados de lojas de roupas e acess%c3%b3rios que vendem cart%c3%b5es de cr%c3%a9dito devem ser enquadrados na categoria dos financi%c3%a1rios

Empregados de lojas de roupas e acessórios que vendem cartões de crédito devem ser enquadrados na categoria dos financiários

Atualmente, é comum que empregados que trabalhem em lojas de departamentos como C&A Modas, Marisa, Leader e Casas Bahia, passem a vender cartões de crédito, empréstimos e os denominados "saques rápidos". Contudo, as empregadoras em questão enquadram esses empregados na categoria dos comerciantes, como os demais empregados em geral que vendem roupas e acessórios em geral. Porém, uma vez que o empregado que vende cartões e empréstimos trabalha com produtos financeiros, este empregado deveria ser enquadrado na categoria específica dos financiários. E qual a vantage...

Direitos do Trabalhador / Outro / Seus Direitos

Direito do banc%c3%a1rio que trabalha em jornada de oito horas di%c3%a1rias   desconfigura%c3%a7%c3%a3o do cargo de confian%c3%a7a   s%c3%a9tima e oitava horas extras

Direito do bancário que trabalha em jornada de oito horas diárias - desconfiguração do cargo de confiança - sétima e oitava horas extras

Sabemos que a regra geral é que um bancário trabalhe seis horas por dia. Sendo assim, os funcionários que laboram em jornada mínima de oito horas, são exceções à regra (tais como gerentes de relacionamento/negócios, assistentes de gerentes, supervisores administrativos, tesoureiros, coordenadores, dentre outros). E por qual motivo isso acontece? Bem, os Bancos criam os chamados "cargos de confiança" e com isso pagam uma bonificação suplementar denominada "comissão de cargo". Porém, por lei, não basta que o banco alegue o suposto cargo de confiança, sendo certo ...

Direitos do Trabalhador / Outro / Seus Direitos

Controle de ponto brit%c3%a2nico   hor%c3%a1rios invariados

Controle de ponto britânico - horários invariados

É importante o empregado ficar atento pois é comum algumas empresas adotarem o chamado controle de ponto britânico. Este tipo de controle é aquele em que não há variação na marcação do horário de entrada e saída do trabalho, como por exemplo, uma marcação invariável de entrada às 09:00hs e saída às 18:00hs. Este tipo de controle é considerado inválido pela justiça do trabalho, pois é humanamente impossível um funcionário chegar diariamente no mesmo horário (inclusive mesmos minutos) em seu local de trabalho, bem como sair pontualmente no mesmo horário diário. Com isso, inverte-se ...

Direitos do Trabalhador / Seus Direitos